As dores do parto

Fonte

Quando me perguntam sobre o meu parto, e respondo que foi natural e domiciliar, muitos fazem aquele clássico comentário: “corajosa, heim!”.

E eu me pergunto: corajosa por que??

Não acho que fui corajosa por parir, pois entendo que coragem é o enfrentamento de algo que temos medo. Nunca tive medo de parir e nem da dor. Graças à minha criação sempre enxerguei o parto como algo natural, algo que nosso corpo foi preparado para vivenciar.

Muitas pessoas confundem dor com sofrimento, apesar de serem coisas bem  distintas. A dor do parto é necessária, o sofrimento não.

Parir dói, sim! E como dói!! Mas é uma dor suportável, afinal, nosso corpo foi preparado para passar por isso. E apesar da dor que eu senti, não consigo me lembrar dela. Não me marcou, não foi inesquecível.

Inesquecível foi a emoção e o amor que senti ao ter minha filha pela primeira vez em meus braços, olhar em seus olhos, sentir o seu calor e seu cheiro! Lembro do cheirinho dela até hoje! Isso sim me marcou! Isso sim foi inesquecível!

A dor passa, o amor não!

Se fui corajosa não foi por parir, e sim por sair da minha zona de conforto e enfrentar a batalha que é, nos dias de hoje, ter um parto digno e respeitoso dentro do nosso sistema.

Para parir basta ter confiança e empoderamento. E para ter confiança basta buscar informações e conhecimento. O emponderamento acontece quando a mulher acredita na sua força e poder.

Laura Gutman escreveu um lindo texto sobre as dores do parto e sobre a função dessa dor na hora do parto.

Leiam com carinho!

Terra1593879762_n
Fonte

As dores do parto 

A dor – tão desprestigiada nos tempos modernos – é necessária ao recolhimento. A dor permite que nos desliguemos do mundo pensante, percamos o controle e esqueçamos condutas corretas. A dor é nossa amiga. Para entrar no túnel do desprendimento do bebê, é indispensável abandonar mentalmente o mundo concreto. Parir é passar de um a estágio a outro. É uma ruptura espiritual. E, como qualquer ruptura, dói. O parto não é uma doença a ser curada. É uma passagem para outra dimensão. Por mais que não gostemos da palavra “dor”, é pertinente dizer que a dor do parto é suportável, desde que este não seja induzido, não seja ministrado ocitocina sintética para acelerar as contrações e estejamos sendo acompanhadas e cuidadas.

No entanto, não é possível suportar o sofrimento. É importante esclarecer que as mulheres não sofrem por causa das contrações. Sofrem quando ficam sozinhas, humilhadas, maltratadas, ameaçadas ou atemorizadas. E ninguém merece passar por isso.

Se soubéssemos que o parto não é somente um ato físico que começa com as contrações uterinas e termina com o nascimento do bebê e o desprendimento da placenta, mas que é sobretudo uma experiência mística, pensaríamos nele de outra maneira. Como fato sexual, temos o direito de vivê-lo na intimidade, com profundo respeito, em consonância com a nossa história, as nossas necessidades e os nossos desejos pessoais. “Intimidade” significa estar conectada com o nosso ser profundo, sem avaliações externas do que é “bom” ou “mal”. Cada parto deveria ser diferente e único. O parto deveria ser nosso.

No entanto, isso só é possível quando alguém nos ampara. Quando contamos com um acompanhamento amoroso por parte dos profissionais ou de seres queridos dispostos a cuidar de nós e estar à nossa disposição. Por isso, é imprescindível escolher a melhor companhia para esta viagem. Não nos conformemos com o que “todo mundo escolhe”, com os médicos da moda ou famosos. Pelo contrário, precisamos avaliar quem está disposto a cuidar da gente envolvendo-se generosamente, não se importa se forem assistentes ou acompanhantes afetivos.

Trecho extraído do Livro “Mulheres visíveis, mãe invisíveis” de Laura Gutman

Sobre a proteção solar e a vitamina D

840079425e47f5ae64d858cef4ccdee1

O sol está brilhando e o calor está de deixar qualquer um com vontade de largar tudo, correr para uma praia paradisíaca e ficar de pernas pro ar na beira do mar tomando água de coco e curtindo aquela imensidão azul… Imaginou a cena?? Pois é, então agora pode acordar porque o sol tá quente e não tá fácil pra ninguém aguentar esse calorão!rs

Por sorte, moramos a 40 minutos da praia e temos uma piscina à disposição. Então não preciso nem dizer quem é  que está se esbaldando nesse verão, né! Luna Maria está aproveitando a estação do sol da melhor forma: mar, piscina, água fresca!

IMG_4331846141451

E foi justamente nesta estação em que o sol brilha e nos ilumina todos os dias que me veio a questão: PROTEÇÃO SOLAR.

Quando ela é necessária?? Sempre??

Filtro solar, quais os tipos, como eles agem??

Roupa com proteção solar?? O que é isso??

Hoje em dia existe quase que uma demonização da luz solar natural. As pessoas saem de casa munidas de chapéu, sombrinha, filtro solar, etc. Tudo para garantir a proteção máxima contra os temidos raios solares. Algumas pessoas não saem de casa sem filtro solar (pasmem, ou não!).

Agora pára e pensa: se a pessoa já sai de casa protegida contra o temido sol, passa o dia inteiro dentro de um lugar fechado protegido da luz solar natural e volta para casa no fim do dia quando o sol se põe, que horas que ela vai  tomar um “cadim” de sol??

Muito se fala sobre os males que a luz solar pode causar e pouco se fala sobre os benefícios dela.

Veja abaixo alguns do benefícios da luz do nosso “astro rei” para a sua saúde:

  • Essencial na produção de vitamina D. A exposição solar aumenta a produção de vitamina D, regulando o sistema imunológico, aumentando a absorção de cálcio, permitindo ossos mais fortes, prevenindo a osteoporose, o raquitismo, e até pedras nos rins, diabetes e obesidade.
  • Combate a depressão. Tomar sol faz com que o cérebro produza serotonina e endorfinas, melhorando o humor e ajudando a combater a depressão.
  • Combate a insônia. O Sol também contribui na produção de melatonina, hormônio que proporciona melhor  qualidade do sono e que também ajuda na prevenção de doenças mentais como depressão e  outros transtornos do humor.
  • Pele mais limpa. As irritações de pele como acne, eczema, erupções e pé de atleta podem ficar curadas com exposição solar.
  • Equilibra os hormônios. O sol ajuda a regular a produção de hormônios. Tomar sol ajuda a diminuir os sintomas pré-menstruais ou da menopausa. O sol também estimula a glândula pineal do cérebro, regulando as suas secreções, permitindo mais criatividade, mais atenção, melhor discernimento e melhor disposição.
  • Diminui a quantidade de toxinas. Os banhos de sol potenciam as funções do fígado, ajudando a eliminação de resíduos e toxinas que podem provocar doenças e câncer.
  • Melhora a circulação.
  • Melhora a pressão arterial e abaixa o colesterol.
  • Diminui dores nas articulações (reumatismo).
  • Previne o alguns tipos de câncer. 
  • Tratamento e prevenção de infecções.

Bom, sabendo dos benefícios da luz do sol, vamos às dicas para aproveitar esse presente da natureza que nos ilumina todos os dias!

Quanto tempo e quais os melhores horários para exposição solar a fim de garantir os benefícios do nosso “astro rei”?

Isso pode variar de pele para pele. Use sempre o bom censo, minha gente. A melanina absorve os raios ultravioletas do sol e a quantidade de melanina na pele determina a sua cor. As pessoas de pele mais clara tem menos melanina e precisam ter mais cuidado com duração da exposição ao sol.
Não vai ficar torrando no sol sem nenhuma proteção nos horários de maior intensidade dos raios solares (de 11 às 15 horas)!! A exposição ao sol deve sempre ser gradual iniciando de 10 a 30 minutos, de 3 a 4 vezes por semana, dependendo do tipo de pele.

Lembrando que os bebês e crianças, especialmente, devem evitar banhos de sol entre 11 e 15 horas quando os raios solares atuam com mais intensidade!

Sobre os filtros solares

Pergunte à alguém sobre o uso de filtro solar e provavelmente você receberá uma repreensão e será taxada de desinformada, desatualizada, hippie, entre outros. Como assim você não usa filtro solar todos os dias???

Pois é, não uso todos os dias, somente quando vou à praia e sei que ficarei exposta por algumas horas.

A verdade é que eu nunca tinha parado para pensar na quantidade de química que tinha nos filtros solares até… Eu me tornar mãe!

Antes eu simplesmente passava o produto sem pensar, porque alguém (médico, família, amigos, etc) falou que se eu não passasse poderia ter câncer de pele. Ok! Eu passo então!

Quando me deparei com esse verão, esse sol de lascar e a pele delicada da minha filhota, pensei logo no “supermegaindicado” filtro solar!! Porque não?? Fui na seção de bebês da farmácia e comprei logo o mais caro e com maior fator de proteção.

Só que eu fiquei com a pulga atrás da orelha com relação ao filtro solar. Porquê isso??? Eu sempre usei e nunca tive nenhum problema! É que depois que nos tornamos mãe, a gente fica meio esquisita mesmo… rsrsrs

Então a ficha começou a cair, eu comecei a questionar como funcionava o filtro solar, quais as substâncias que ele continha, etc, etc, etc. Fui para o oráculo (google) pesquisar e bingo!

Descobri que a maior parte dos filtros solares convencionais vendidos no mercado são absorvidos pela pele e contêm substâncias cancerígenas, como os parabenos, fragrâncias, álcool, solventes fortes e óleos derivados do petróleo.(http://www.naturalnews.com/023317_skin_chemicals_products.html).  A maioria dos protetores solares, quando aplicados conforme as instruções, são realmente banhos químicos tóxicos que sobrecarregam fortemente o seu fígado e que podem lhe causar câncer. Sempre leia os ingredientes de qualquer protetor solar antes de usar.

Triste descoberta! :/

Mas foi legal porque eu descobri que existe os filtros solares físicos que atuam de forma diferente dos filtros solares químicos convencionais. Os filtros solares físicos não são absorvidos pela pele e agem como uma barreira de proteção refletindo os raios UV. São indicados especialmente para bebês, crianças, pessoas alérgicas e grávidas.

clip_image002
Como funcionam os filtros solares
materiaelasolar2jpg
Alguns filtros solares físicos disponíveis no mercado.

Existem opções de filtros solares veganos contendo menos aditivos químicos prejudiciais, no entanto, são difíceis de encontrar no mercado nacional.

Outra forma de proteção que descobri foram as roupas feitas com tecido especial com fotoproteção! Elas parecem aquelas roupas de surfista, uma graça!! Comprei um kit para Luna Maria que vem com a blusa, o short e um boné que protege o pescoço feito do mesmo tecido. Achei essa uma ótima opção para evitar o uso de produtos químicos nas crianças, além de ficar um charme!

10928739_875900842452472_1869251727_n10887759_875900939119129_146563910_n10945275_875901169119106_1054109028_n

Um fator importante sobre protetores solares é que a produção de vitamina D depende dos raios UVB que interagem com o colesterol em nossa pele e iniciam o processo de produção dessa vitamina a partir dos rins e fígado. Logo, todo este processo não ocorre sem a incidência de luz solar direta sobre a nossa pele!!

Desta forma, o uso de protetores solares impede a produção de vitamina D. Outra informação importante sobre a produção de vitamina D é que ela demora algumas horas para ser absorvida pelo nosso organismo. Assim, deve-se evitar o uso de sabonetes nas partes do corpo que foram expostas ao sol (mãos, braços, pernas e rosto) durante algum tempo.

Para saber mais: http://vitaminadbrasil.org/protetores-solares/

Então anota aí:

– Utilize produtos de proteção solar com parcimônia (quando necessário), leia sempre os rótulos e escolha àqueles sem fragrância e que contenham menos produtos químicos nocivos (pesquise!).

– Use roupas, chapéu, óculos, guarda-sol para ajudar a se proteger do sol em caso de exposição prolongada.

– Beba bastante água e sucos de frutas frescas diariamente e coma vegetais carregados de nutrientes vivos. Para construir um bronzeado saudável, inclua o consumo de superalimentos e antioxidantes na sua dieta.

– Exponha-se à luz solar pelo tempo de criar um bronzeado saudável e que você não precise de nenhuma proteção solar. Evite se expor ao sol por tempo prolongado e nos horários em que a luz solar esteja mais intensa. Lembre-se: o excesso é sempre uma forma de desequilíbrio.

IMG_4353474493110

Que tenhamos todos a sabedoria para usufruir de maneira equilibrada tudo aquilo que a natureza tem a nos oferecer!

Namastê!